comercial1.png

http://compagas.com.br/index.php/2014-08-07-15-50-37

1- QUERO SER CLIENTE DA COMPAGAS?

Entre em contato com a Central de Atendimento da COMPAGAS 0800 643 83 83 ou pelo Fale Conosco, informe o endereço e dados de consumo que um vendedor entrará em contato apresentando as condições de atendimento necessárias.

voltar ao topo

 

2- COMO O GÁS NATURAL CHEGA AO CONSUMIDOR FINAL?

O gás natural é distribuído de forma canalizada, transportado através de tubulações. A distribuição também pode ser feita através de cilindros, com o gás em sua forma comprimida (GNC – gás natural comprimido) ou liquefeita (GNL – gás natural liquefeito).

A Compagas é responsável pela rede de distribuição do gás natural no Paraná.

voltar ao topo

 

3- QUALQUER RESIDÊNCIA, CONDOMÍNIO OU ESTABELECIMENTO PODE RECEBER O GÁS NATURAL? SE NÃO, QUAIS SÃO AS RESTRIÇÕES?

O fornecimento depende da disponibilidade de rede, da avaliação técnico-comercial e dos custos envolvidos. Indústrias, estabelecimentos comerciais, edificações residenciais verticais (prédios) e horizontais (condomínios de casas) normalmente viabilizam economicamente o investimento inicial. Já para residências fora de condomínio a COMPAGAS ainda não dispõe de uma política comercial para atendimento, portanto não é economicamente viável ao usuário.

Os custos para casas e sobrados ainda estão sendo dimensionados e não há uma previsão para informar no momento.

voltar ao topo

 

4- AS INSTALAÇÕES ATUAIS SÃO PARA GLP, POSSO UTILIZAR A MESMA INSTALAÇÃO?

Geralmente sim. Para tanto, a sua instalação deve estar dimensionada de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. Quanto aos aparelhos (fogão, aquecedor, caldeiras, etc), é necessária a conversão dos queimadores para gás natural.

voltar ao topo

 

5- O GÁS NATURAL É DISTRIBUÍDO EM BOTIJÕES?

O gás natural não é distribuído em botijões tipo P5, P8, P13, P20, P45 e P90, mas sim de forma canalizada, transportado através de tubulações. A distribuição também pode ser feita através de cilindros, com o gás em sua forma comprimida (GNC – gás natural comprimido) ou liquefeita (GNL – gás natural liquefeito).

voltar ao topo

 

6) HÁ UMA TAXA MÍNIMA OU CONSUMO MÍNIMO?

Para o segmento residencial não há taxa mínima, nem consumo mínimo. Caso não ocorra uso do gás durante um determinado período, as faturas são enviadas mensalmente, porém sem valor a pagar.

voltar ao topo

 

7) COMO É FEITA A COBRANÇA DO GÁS NATURAL?

A cobrança é feita mensalmente para clientes residenciais e comerciais, de acordo com a data de vencimento escolhida. No caso dos residenciais, há duas opções de faturamento, individual e coletivo. Para os clientes dos segmentos veicular e industrial a cobrança é feita de acordo com os contratos.

voltar ao topo

 

8- O QUE DEVO FAZER EM CASO DE SUSPEITA DE VAZAMENTO DE GÁS NATURAL?

  • Feche imediatamente as válvulas de bloqueio geral e dos aparelhos a gás, interrompendo o fluxo de gás;
  • Não ligue nenhum aparelho elétrico, disjuntores, interruptores, etc;
  • Abra portas e janelas para permitir maior ventilação do ambiente possível;
  • Não utilize fósforos, velas ou qualquer outro dispositivo que produza chama ou centelha para localização do vazamento;
  • Retire do ambiente pessoas e animais de estimação.

Caso o cheiro ocorra somente quando algum aparelho a gás é utilizado, orientamos a chamar uma assistência técnica, pois é necessária a manutenção do aparelho.

- Ligue imediatamente para o PLANTÃO 24 HORAS da COMPAGAS 0800 643 83 83.

voltar ao topo

 

9- AUMENTO DE CONSUMO

Aumento ou redução do valor na conta de gás, em geral, podem significar alterações nos hábitos de consumo.

Normalmente entre os meses de dezembro a março, em função do clima, férias e feriados, o consumo de gás natural tende a ser menor. Já entre os meses de abril a novembro, com temperaturas mais baixas, e algumas mudanças de hábitos ocorre maior consumo do combustível.

Deve-se também verificar se foi realizada a manutenção periódica nos aparelhos a gás. Essa revisão garante maior eficiência e conseqüente economia, como também evita acidentes com monóxido de carbono.

voltar ao topo

 

10- DIFERENÇAS ENTRE GÁS NATURAL E GLP (gás de cozinha)?

As composições dos combustíveis são bem diferentes. O GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) é composto principalmente por gás propano e butano. É mais pesado que o ar e altamente inflamável. Já o GN (Gás Natural) é composto basicamente por metano. Por ser mais leve que o ar, dissipa-se com facilidade no ambiente em caso de vazamento e possui baixa inflamabilidade.

voltar ao topo

 

11) COMO OBTER A SEGUNDA VIA DA FATURA

A segunda via pode ser obtida pela Agência Virtual. Tenha em mãos o CPF do titular e e-mail previamente cadastrado em nossa Central de Atendimento e acesse Compagas Virtual. Após o login, clique no botão Minhas Faturas / 2ª Via e acesse as informações.

Se a fatura estiver vencida, clique no botão 2ª Via para emissão de boleto com data atualizada para pagamento em outros canais além do Banco Itaú. A emissão desse documento não caracteriza alteração de vencimento ou isenção de multas e encargos financeiros que, se devidos, serão cobrados no próximo faturamento.

Caso tenha alguma dificuldade, pode entrar em contato com a Central de Atendimento.

voltar ao topo

 

12- ONDE PAGAR A CONTA

  • Até o vencimento, sua fatura pode ser quitada em qualquer banco, caixa eletrônico, internet e lotéricas, através da opção de pagamento de título/boleto bancário.
  • Após o vencimento, o boleto somente poderá ser pago nos guichês de atendimento do banco emitente – Itaú.

voltar ao topo

 

13- DÉBITO AUTOMÁTICO

No momento, este serviço está disponível nos Bancos Itaú, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco e Santander.

Para contratação, o cliente deve procurar sua agência e informar o código de usuário constante no corpo da fatura.

Alguns bancos disponibilizam o serviço de débito automático no próprio site ou caixa eletrônico. Veja se é o caso de seu banco.

Para maiores instruções clique aqui

 

voltar ao topo

 

14) LIBERAÇÃO DO GÁS

Segmento residencial

Ao comprar ou alugar imóveis que possuam o gás natural na modalidade de medição individual (quando a fatura vem em nome do morador), deve-se entrar em contato com a Central de Atendimento da COMPAGAS para realizar o cadastro, informando:

Nome completo ou razão social do titular da conta de gás;

  • CPF ou CNPJ;
  • RG ou Inscrição Estadual;
  • Data de nascimento;
  • Telefones de contato;
  • Se possível e-mail.

A liberação do gás natural só é feita em dias úteis e em até 48 horas do cadastramento. Não é necessária a presença de um responsável no local, e não há custos para a realização do serviço.

Os aparelhos adquiridos para GLP devem ser convertidos para gás natural. Para isso, deve-se entrar em contato com uma assistência técnica autorizada pelo fabricante.

Estabelecimentos em shopping

Antes da liberação é necessária uma vistoria do estabelecimento para verificar as condições de fornecimento.

Demais segmentos

O contrato e liberação são realizados conforme contrato e prazos estabelecidos diretamente com o cliente.

voltar ao topo

 

15- DESLIGAMENTO

Segmento residencial

Ao se mudar, o titular da conta deve entrar em contato com a Central de Atendimento da COMPAGAS e solicitar o desligamento, para não responder por despesas de terceiros. Será realizado o bloqueio do fornecimento e leitura final do consumo do gás natural. O desligamento do gás natural só é feito em dias úteis e em até 48 horas da solicitação. A emissão da fatura final leva até 5 dias úteis.

Demais segmentos

É necessária a realização do distrato e análise do contrato, a fim de verificar eventuais multas rescisórias e faturas pendentes. .

voltar ao topo

 

16- DECLARAÇÃO NEGATIVA DE DÉBITOS

Acessando a Agência Virtual clique em Extrato de Quitação. Este será anual. A fatura final, junto ao comprovante de pagamento, serve de quitação de débitos, pois possui o campo 'histórico de consumo e pagamento', onde constam as informações das últimas 12 faturas, com nº da nota fiscal, data de vencimento e data de efetivo pagamento.

voltar ao topo

 

17- MANUTENÇÃO DE APARELHOS A GÁS

A COMPAGAS fornece auxílio técnico apenas para questões relativas ao fornecimento do gás e equipamentos de nossa responsabilidade. Não realizamos manutenção em aparelhos a gás. Orientamos a procurar a assistência técnica autorizada ou indicada pelo fabricante.

voltar ao topo

 

18) SUSPENSÃO DE FORNECIMENTO

O consumidor que tiver o fornecimento suspenso por inadimplência estará obrigado a quitação de todas as faturas pendentes e ao pagamento da taxa de religação para ter o fornecimento restabelecido. No caso de violação ou rompimento de lacres, ainda será imputada multa de 10% sobre a média do faturamento.

voltar ao topo

 

19- LEITURA DO MEDIDOR

A leitura é feita mensalmente e, conforme contrato:

Item 4.5: O USUARIO se obriga a ceder gratuitamente e manter a área onde estarão localizados o medidor e equipamentos da COMPAGAS livre e desimpedida, adotando outras medidas de proteção, responsabilizando-se ainda pelo ressarcimento de eventuais danos que venham a ser causados aos mesmos decorrentes de sua culpa. Item 4.6: A Compagas, ou terceiros por ela contratados, devidamente identificados, ficam autorizados a ingressarem na unidade consumidora para realização de leitura e manutenção do medidor ou equipamentos, bem como para execução dos serviços de instalação, construção e fiscalização.

Caso não seja possível o acesso para leitura, a cobrança será efetuada pela média de consumo dos últimos três meses. Em caso de dúvidas, verifique a leitura do medidor. _ _ _ _ _ m³ Registre apenas os números pretos, anteriores a vírgula. Os números vermelhos representam litros, que são desconsiderados na mediação.

Data da leitura: __/__/__

voltar ao topo

 

20- CÁLCULO DA FATURA

A fatura da COMPAGAS é calculada da seguinte forma:

  1. O consumo (sem correção) é obtido subtraindo a leitura atual menos a leitura anterior;
  2. Sobre o consumo do período é aplicado (multiplicado) o fator de correção, obtendo-se assim, o consumo corrigido;
  3. Multiplica-se o consumo corrigido pela tarifa ( pelo preço) do m³ resultando no total a pagar (Preço Total) em R$. Essas informações estão registradas no campo 'consumo de gás' em sua fatura.

voltar ao topo

 

21- APARELHOS A GÁS TAIS COMO AQUECEDOR DE PASSAGEM, PERDEM ALGUM RENDIMENTO QUANDO SE CONVERTE PARA O GÁS NATURAL?

É justamente isto que o processo de conversão garante, a manutenção da potência do equipamento. Logo, não há perda de rendimento quando realizada a conversão. Instalação inadequada é que causa queda de rendimento e riscos de acidentes.

voltar ao topo

 

22- SOLICITAÇÃO DE INCENTIVO FISCAL

As propostas de incentivo fiscal devem ser enviadas ao e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Em relação ao incentivo fiscal LEI ROUANET, a COMPAGAS só pode apoiar os projetos através da Conta Cultura, lançada pela Secretaria de Estado da Cultura – SEEC. Neste caso solicitamos que os contatos sejam feitos diretamente com a Secretaria pelo site ou ainda pelo telefone, conforme segue abaixo: www.cultura.pr.gov.br (41) 3321 4723

voltar ao topo

 

23- SOLICITAÇÃO DE VISITA ACADÊMICA OU PALESTRAS

Envie sua solicitação para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou entre em contato pela nossa Central de Atendimento ao Cliente, que em breve entraremos em contato.

OUTRAS INFORMAÇÕES Caso tenha mais alguma dúvida, que não tenha localizado a informação, estamos disponíveis para atendê-lo pelo nosso SAC 0800 643 83 83 ou pelo Fale Conosco.

voltar ao topo