sobre_gn_1.png

Cerca de 300 mil pessoas devem passar pelo evento em busca de novos negócios e lazer

 

De 18 a 27 de outubro, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) participa, em Ponta Grossa, da 32ª edição da Feira Paraná e da 41ª EFAPI - Exposição Feira Agropecuária Industrial e Comercial. Os eventos formam, em conjunto, um dos maiores na área de negócio e lazer dos Campos Gerais. O objetivo da organização é colocar a região em destaque no setor agropecuário e industrial.

No evento, que promete receber um público de 300 mil pessoas, a Compagas vai participar em um estande em conjunto com a Copel, onde estarão disponibilizadas informações sobre sua atuação na região e os benefícios que o gás canalizado traz aos seus consumidores. “Alta eficiência energética, maior produtividade, competitividade, mais segurança e praticidade são alguns dos benefícios que o gás canalizado pode proporcionar ao setor industrial”, explica o diretor-presidente da Compagas, Rafael Lamastra.

A Companhia tem um plano de negócios cujo objetivo é captar mais clientes em Ponta Grossa e demais municípios dos Campos Gerais. A Compagas investe na região desde o ano 2000 e, nos últimos cinco anos, foram aplicados mais de R$ 100 milhões em ampliação e melhoria da rede de distribuição. Atualmente, são mais de 170 km de rede de distribuição que abastece Ponta Grossa e Castro. Juntos, os consumidores destes municípios consomem mensalmente mais de 2,6 milhões de m³ de gás natural.

Feira — A 32ª Feira Paraná e a 41ª Exposição Feira Agropecuária Industrial e Comercial reúnem centenas de empresas de tecnologia, agronegócio, comércio e serviços, que serão divididas em pavilhões segmentados de agro tecnologia, logística e de cidadania, onde o visitante vai poder encontrar palestras e serviços. Feira automotiva, parque de diversões e praça de alimentação também fazem parte do evento.

A Feira será realizada no Centro de Eventos e do Centro Agropecuário Ayrton Berger. De acordo com a organização do evento, que é feita pelo Sindicato Rural de Ponta Grossa, pelo Núcleo Campos Gerais de Quarto de Milha e Prefeitura de Ponta Grossa, com apoio do Governo do Estado do Paraná, são mais de 13 mil metros quadrados de estrutura coberta. Incentivar o fechamento de novos negócios, assim como promover conhecimento para pesquisas de desenvolvimento econômico e industrial são objetivo do evento.