sobre_gn_1.png

Foto: Divulgação Site Antex.net

A Compagas ligou mais uma indústria à sua rede de distribuição de gás natural. A fábrica da Antex, localizada no município de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, iniciou o consumo do combustível canalizado na primeira quinzena do mês de dezembro. Na fábrica paranaense, o gás natural será utilizado em equipamentos industriais.

A rede de distribuição de gás natural em Fazenda Rio Grande atende outras quatro indústrias que, juntas, já consomem em média um volume de 16 mil m³/dia de gás natural. Com o novo cliente, o volume distribuído pela Compagas no município deve aumentar cerca de 10%.

O novo cliente - Antex é um grupo têxtil espanhol de capital privado fundado em 1968, cuja atividade é centrada sobre o amplo mundo dos fios sintéticos. Para isso dispõe de seis fábricas na Espanha, uma no Brasil (em Fazenda Rio Grande) e outra no México. Os processos industriais incluem fiação, texturização por falsa torção e por ar, torcido, entrelaçado com elastômero, tingimento, urdidura seccional, produção e desenvolvimento de Master Batch e reciclagem de resíduos pós-industriais e pós-consumo.

O gás natural no setor industrial - A Compagas atende a mais de 190 indústrias com o gás natural para os mais diversos fins industriais, como matéria-prima, para cogeração e geração de energia elétrica. Juntas, estas empresas consomem cerca de 1 milhão de m³ diários de gás natural. Entre as vantagens do uso do combustível para o setor industrial estão os benefícios relevantes para o meio ambiente, pois sua queima produz baixa emissão de poluentes, já que a combustão é mais limpa e eficiente, além de ser uma fonte de energia segura, versátil e econômica. Como o gás natural não deixa resíduos, também há uma diminuição do custo operacional com manutenção de máquinas, transporte e armazenamento de combustível.